domingo, dezembro 31, 2006

em tempo

Feliz Natal atrasado e um desejo de um ótimo Ano-Novo com muita Paz, Saúde e Prosperidade.

Abraços.

domingo, dezembro 17, 2006

fim de carreira

Sábado a noite fiquei transitando nos canais de TV entre o programa especial do Roberto Carlos, o Show do Tom e um tal de especial sertanejo na Band.

é... o fim do mundo está próximo.

segunda-feira, dezembro 11, 2006

um final de noite de cão

Que a minha vida não anda uma das 7 maravilhas do mundo, já não é de agora... mas sexta-feira passada merece o seu destaque.

Sexta-feira foi o jantar de final de ano do laboratório. A pizza estava muito boa, o ambiente agradável e muitas risadas. Perfeito. Entretanto sempre existe um garçom menos provido de habilidades e que merece aquele desconto.

Já no começo do jantar o povo pediu as bebidas e em seguida ele aparece com uma série de copos e olhou para mim:
- Essa é a mesa 17???

Pensei com os meus botões: "é meu filho, se você que trabalha aqui não sabe..."

No final do jantar fomos descobrir que aquele era o primeiro dia de serviço dele (merece desconto).


Após o jantar partimos para a sobremesa, mas não no mesmo lugar. Depois de alguns argumentos, calculos de distância e alguns problemas para manobrar os carros no estacionamento (felizmente eu estava de carona dessa vez) acabamos no Habib's (santo erro).

Todos devidamente acomodados, fizemos nossos pedidos... uns pediram "Sunday", outros "Le Petit Gato" (é assim que se escreve) e outras coisas mais... minha namorada e eu, apenas uma bola de sorvete.

Até ai tudo bem... depois de uns 15 minutos todos as sobremesas estavam servidas, menos a nossa. Chamei a atendente e reclamei, então ela disse que havia esquecido e saiu. Conversei com a minha namorada e decidimos não querer mais o tal sorvete pois quase todos já haviam acabado as suas sobremesas. Então fui até a dona moça para cancelar o pedido, porém ela disse que não poderia mais cancelar pois já havia mandado para a cozinha...

Tudo bem então...
Passados mais uns 10 minutos (foram buscar o sorvete no outro lado da cidade) ela vem com as duas taças... mas adivinha?!?! (valendo uma bala 7 belo!!) um dos pedidos estava errado.

Naquele momento eu disse:
- tudo bem... não precisa trazer o pedido que veio errado... deixa esse e pronto.

5 minutos depois aparece a atendente com outra taça de sorvete (agora de acordo com o que pedimos)
Caramba!!! será que a tal mulher é tão burra assim??
Eu disse que não queria mais... mas em fim, acabamos comendo.

Na hora de pagar alguém lembrou dos famosos 10%. Foi quando que eu disse que não pagaria os 10% por aquele tipo de serviço. Por sorte ou azar (vai saber...) alguém do Habib's ouviu e veio me questionar se eu havia sido bem atendido e bla bla bla.

Resumo da ópera... ainda passei por chato e mal-humorado, ma paciência tem limite.

que fase!

sexta-feira, dezembro 08, 2006

alguém me corrija se eu estiver errado, por favor!!

Se a minha minha memória não falha, no segundo turno das eleições o governo re-eleito não acusava o partido opositor de "querer privatizar o Brasil"?

ahhh, pois é...

BRs 101 e 116 em SC terão cobrança de pedágio

É engraçado como são as coisas...

quarta-feira, dezembro 06, 2006

Eu deveria jogar na loteria?

Aconteceu na segunda-feira...

Foram duas situações interessantes, a primeira ocorreu por volta das 18:15 quando o professor de tênis chegou (atrasado como de costume) dizendo:
- Duvido que alguém adivinhe o que aconteceu comigo no fim de semana!
Eu olhei para ele e disse:
- caiu de bicicleta! (bingo)

A outra situação foi em casa. Por volta as 23:00 o meu colega de apartamento diz:
- Adivinha quem será entrevistada no programa da Luciana Gimenez...
Sem pensar duas vezes eu disse:
- Gretchen! (bingo mais uma vez)

Então eu me pergunto: eu deveria jogar na loteria? Sinceramente acho que não. Os dois "acertos" foram pura dedução. No primeiro caso eu já sabia que o meu professor pratica mountain bike e que quando ele fez a pergunta eu vi um pequeno hematoma no joelho dele. Já no segundo caso, qualquer um com um pouco de senso crítico sabe que o programa da tal moça só traz "casos polêmicos" carregados de uma cultura um tanto quanto fútil e que a cantora (que tem a cara do coringa) lançou a pouco tempo um "filme erótico", como ela mesma prefere chamar.

Em resumo, algumas informações que contribuíram para a construção de uma hipótese e que, por sorte, foi comprovada (isso é chamado de método hipotético-dedutivo - metodologia científica aplicada na vida real).

Agora pensando bem, acho que devo parar de trabalhar/estudar um pouco e sair para jogar na loteria sim ;-)

Que fase!!

sexta-feira, novembro 24, 2006

pra começar e acabar a semana...

foram 2 tocos! Um na segunda e outro agora pouco.

O pior de tudo é que eu estava com uma certa esperança nos dois... santa ingenuidade.

quarta-feira, novembro 22, 2006

voltando? acho que não...

20 dias sem postar e me senti na obrigação de escrever algo aqui.

Sim, talvez teria milhares de coisas pra escrever, desde a mais inútil até a mais engraçada e relevante, mas esqueço facilmente delas nos últimos tempos...

...
...

sobre o que eu falava mesmo?
...

espero que um dia isso mude e que eu possa voltar com tempo e com a memória ;-)

segunda-feira, novembro 06, 2006

bonito hein?!?!

Isso era só o que faltava...

Fazer/aprovar a lei será faćil, quero ver eles cumprirem e fiscalizerem!

domingo, outubro 29, 2006

é...

agora o MST está livre novamente pra voltar a invadir fazendas e destruir as propriedades da Embrapa.

quarta-feira, outubro 18, 2006

os efeitos de um doutorado

Agora pouco (re)descobri que dia 02/11 é feriado (finados)... e me senti um pouco infeliz.

Explico: é que eu tenho tanta coisa pra fazer que um mísero dia "sem trabalhar" já faz diferença. Na verdade este único dia não é o problema, mas sim, por exemplo, uma viagem para a minha cidade natal que eu preciso fazer com certa urgência... ou seja, serão 4 dias sem trabalhar, não apenas 1 (já está virando progressão geométrica).

Bom... sentir "raiva" (no bom sentido, é claro) de um feriado não é nada... será problema quando eu começar a dar bom-dia para os postes na rua (e confesso que este dia não está longe ;-) )

que fase!

segunda-feira, outubro 16, 2006

da série: Algumas perguntas que não foram feitas, mas deveriam, ao presidente Lula.

antes que digam que o título acima de plágio, já explicito o autor original :-)

O título, assim como o texto abaixo, é de autoria do senhor João Luiz Mauad e está oficialmente publicado no site http://www.midiasemmascara.com.br


Segue abaixo a cópia do texto, por sinal, muito interessante:

Algumas perguntas que não foram feitas, mas deveriam, ao presidente Lula.

Minha contribuição para o debate

por João Luiz Mauad em 16 de outubro de 2006

Resumo: Algumas perguntas que não foram feitas, mas deveriam, ao presidente Lula.

© 2006 MidiaSemMascara.org

Em tempos de debates, sabatinas e entrevistas coletivas, quem não gostaria de fazer algumas perguntas aos candidatos? Aqui vão algumas delas, que eu gostaria de fazer ao presidente Lula

1. No debate da Rede Bandeirantes, quando provocado pelo seu adversário a falar sobre reação pusilânime do governo brasileiro no contencioso da Petrobrás com a Bolívia, o senhor disse que, diferentemente do presidente Bush, tem como norma resolver os problemas de forma pacífica, sempre na base do diálogo e da diplomacia, o que, sem dúvida, é muito louvável. No entanto, o senhor é um dos fundadores (e participante ativo) de uma entidade internacional denominada Foro de São Paulo, que congrega, além do MAS - Movimiento al Socialismo - de Evo Morales, diversos partidos de esquerda latino-americanos, dentre os quais destacam-se as FARC – Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – e o MIR – Movimiento de Izquierda Revolucionária – chileno, grupos armados cuja atuação está intimamente associada a ações de guerrilha, terrorismo, seqüestros, assassinatos e toda sorte de violência contra as populações civis dos respectivos países. O senhor não acha que há uma evidente contradição entre o seu discurso pacifista e a sua participação numa organização que acolhe terroristas, como o Foro de São Paulo?

2. Voltemos um pouco no tempo. Estamos no início do primeiro mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso. O senhor é um líder oposicionista implacável, cuja atuação está centrada na ferrenha defesa da ética na política e no trato da coisa pública. Imagine que um dos filhos do presidente FHC seja um jovem biólogo esforçado, cujo destino não tivesse feito dele, até então, mais do que um reles barnabé, empregado de um jardim zoológico qualquer. Suponha agora que, dois anos após a posse do pai na presidência, o senhor ficasse sabendo que o jovem herdeiro do professor Cardoso, sem qualquer experiência profissional anterior no ramo, tornara-se um próspero (e põe próspero nisso!) empresário do ramo de informática, sócio de uma empresa de desenvolvimento de software, com capital aproximado de US$ 10 milhões. Imagine ainda que o senhor viesse a descobrir que aquele novo e suntuoso empreendimento tinha como sócio capitalista nada menos do que a maior concessionária de serviços de telecomunicações do país, a qual, por sua vez, contava em seu rol de acionistas com alguns fundos de pensão de empresas estatais, além do próprio Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Enquanto líder da oposição, como é que o senhor reagiria a uma situação dessas? Não seria o caso de pedir o impeachment do presidente?

3. Vamos falar de um tema delicado: aborto. Tramita no Congresso Nacional um projeto de lei (PL 1135/91), DE INICIATIVA DO PODER EXECUTIVO, para a total descriminalização do aborto no Brasil. O PL foi entregue ao Deputado Benedito Dias, presidente da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, no dia 27 de setembro de 2005, pela Ministra Nilcéia Freire, logo após reunir-se com o senhor para, conforme o jornal O Estado de São Paulo, obter o seu aval para tal iniciativa. O projeto foi entregue à relatoria da deputada federal Jandira Feghali, do PC do B do Rio de Janeiro que, a partir daí, veio a tornar-se a principal aliada do governo e impulsionadora do projeto no legislativo. Os dois primeiros artigos do PL não deixam quaisquer dúvidas sobre as reais intenções do mesmo, qual seja: a completa liberação do aborto no Brasil. Para que não pairem dúvidas sobre a sua correta interpretação, vamos a eles:

"Art. 1º Toda mulher tem o direito à interrupção voluntária de sua gravidez, realizada por médico e condicionada ao consentimento livre e esclarecido da gestante.

Art. 2º Fica assegurada a interrupção voluntária da gravidez até doze semanas de gestação".

O PL, como se pode atestar, não se refere a casos excepcionais de má formação fetal ou de risco para a gestante, mas concede à mulher grávida o direito de decidir, sozinha, sobre a conveniência ou não de interromper a gestação. Diante disso, presidente, podemos concluir que o senhor é favorável à completa liberação do aborto no território nacional?

4. Eu sei perfeitamente que o senhor não é "delegado de porta de cadeia" e, por isso, não vou perguntar-lhe de onde veio aquela montanha de dinheiro que os seus intimíssimos "meninos aloprados" usariam para comprar o dossiê contra os tucanos. Entretanto, eu gostaria de contar com a sua capacidade de discernimento para analisar um aspecto que me intriga nessa questão. Como bem disse o sr. Berzoini, o fato de se negociar um dossiê não é crime, ou pelo menos não existe nada na lei brasileira que impeça uma transação desse tipo. Um crime (eleitoral, vá lá!) só ficaria configurado, caso se pudesse comprovar a origem ilícita do dinheiro, o que a Polícia Federal ainda não conseguiu determinar, mesmo que esteja empenhadíssima na resolução do problema, conforme tem afirmado reiteradamente o Ministro Thomas Bastos. No entanto, o senhor não acha muito estranho que não tenha aparecido, até este momento, ninguém para requerer a titularidade daquela montanha de reais e dólares? Se a grana não é ilegal, porque não tem dono? Não é estranho, presidente? Se o senhor fosse oposição, o que estaria achando disso tudo?

5. Para finalizar, uma pergunta sobre um tema que lhe é muito caro e sobre o qual o senhor sente-se à vontade para discutir com quem quer que seja, neste país: ética. Preliminarmente, para que possamos estar seguros de que falamos da mesma coisa, eu gostaria de definir este termo tão complexo e, para tanto, contarei com a ajuda do professor Antônio Houaiss: ética é a "parte da filosofia responsável pela investigação dos princípios que motivam, distorcem, disciplinam ou orientam o comportamento humano, refletindo especialmente a respeito da essência das normas, valores, prescrições e exortações presentes em qualquer realidade social". Segundo o mesmo professor Houaiss, "honra" é o "princípio ético que leva alguém a ter uma conduta proba, virtuosa, corajosa, e que lhe permite gozar de bom conceito junto à sociedade”. Já "vergonha", de acordo com o mestre, é "o sentimento de [grande] desonra ou humilhação" causado pelo julgamento público. A minha pergunta, portanto, é a seguinte: tendo sido, em última instância, o responsável pela nomeação de todos aqueles ministros de estado - Palocci, Dirceu, Berzoini e outros - que hoje estão denunciados pelo Ministério Público por crimes diversos na incumbência do cargo que ocupavam, o senhor não se sente nem um pouco envergonhado perante a sociedade brasileira? Mesmo que o senhor não soubesse de nada do que ocorria ao seu redor, o fato de ter nomeado esses ministros não lhe causa qualquer constrangimento? Não estaria na hora de pedir novas desculpas ao povo brasileiro por tantos disparates?

sexta-feira, outubro 13, 2006

segunda-feira, outubro 09, 2006

Sociedade amigos de plutão

Você duvida?

clique aqui e veja você mesmo(a).

domingo, outubro 08, 2006

Responda rápido:

Se você tivesse que escolher entre duas pessoas para cuidar da sua filhinha de 4 anos de idade, qual dos dois seria a sua opção?

1 - Um estuprador;
2 - Um assassino e estuprador;

É mais ou menos a mesma coisa quando alquém me diz que irá votar no "menos pior" dos candidados...

Dizer "ele rouba, mas faz" é a mesma coisa que dizer "ele estupra mas não mata".

Pense nisso.

A volta para o Brasil - 30 de setembro de 2006

Como se diz na minha terra: "Acordamos com as galinhas", ou seja, o sol ainda não havia raiado e nós já estávamos acordados. As 4:25 a.m. o taxista já nos esperava na porta do hotel. Após 15 min de viagem chegavamos ao aeroporto. Fila, check in, segurança, checagem DETALHADA da minha bagagem de mão (não me perguntem qual foi o motivo) e finalmente a área internacional do aeroporto de Helsinque. Mais 40 min de espera e decolavamos rumo a Amsterdam-you!

O vôo para Amsterdam durou 2 h e 30 min - relativamente curto se for considerar a travessia do Oceano Atlântico. Este, por sinal, teve algumas particularidades. A primeira foi o café da manhã onde foi servido uma "coisa branca" que eu não tive coragem de provar. Outro detalhe do café da manhã foi o pseudo-iogurte. A tal bebida era uma mistura de suco concentrado de laranja, com polpa de fruta que parecia morango mas tinha de sabor abacaxi. Mas as surpresas ainda não haviam acabado, a tripulação merece um destaque especial. Nunca vi um povo tão barulhendo... infelizmente minhas habilidades linguísticas não se estendem ao Holandês, mas os 2 comissários de bordo, pela "matraca", deveriam estar falando mal de muitas pessoas. Como eu fui sentado na última fileira, bem pertinho da área da tripulação, pude ouvir as risadas, imitações e alguns grunidos.

Finalmente chegamos em Amsterdam... um breve passeio pelo Free-Shop (sem compras) e tudo outra vez: fila, check in, segurança, etc... ai sim o bixo pegou... 11 horas de vôo de Amsterdam para São Paulo. Felizmente o avião era um Boeing 777 com telas nas poltronas e o passageiro poderia escolher os filmes na hora que desejasse :-)

Em resumo, assisti X Men 3 e 16 quadras, fiz 2 reuniões com o meu orientador, li uns 3 capítulos de um livro e ainda consegui dormir um pouco.

Finalmente chegavamos em São Paulo, onde passei mais dois dias.

(continua...)

segunda-feira, setembro 25, 2006

Um domingo em Helsinque.... (bonus da segunda-feira)

O domingo foi relativamente tranquilo... depois de descrever o último post voltei pra cama e consegui dormir mais umas 3 horas. Acho que acordei entre 8:00 e 9:00 e uma fome brutal tomava conta de mim!

O café da manhã foi, no mínimo, exótico. Primeiro, como já era de esperar, aqui quase não têm frutas... OK, OK... eu não sou fresco ao ponto de ter que comer frutas no café da manhã, mas convenhamos, estando em um hotel espera-se que tenha "algo a mais".
Pois bem, na verdade eu encontrei o "algo a mais": bacon frito! grrr!!!
Pensando bem, vou resumir a história do café dizendo que comi uns bolinhos quaisquer...

Logo depois sai para explorar a cidade. Apesar de ter aproximadamente 1 milhão de habitantes, Helsinki não é a melhor alternativa no mundo para turismo... em menos de 6 horas eu visitei os principais pontos turísticos ao ar livre e ainda fiz um passeio de barco entre as principais ilhas na costa.

Outro ponto interessante sobre a cidade é a comida. Confesso que até o momento as minhas experiências sobre culinária não foram as melhores... o atendimento é precário (principalmente se comparado com Floripa - e olha que Floripa tem lugares que atendem mal) e o café é uma porcaria ;-)

Pra fechar o domingo, vasculhei 3 supermercados em busca do chocolate Milka e nada... paciência (ahh o milka vendido na Europa é 5 vezes melhor do que o vendido no Brasil, palavra de chocólatra).

Segunda-feira: trabalho, trabalho e trabalho... com pequenas pausas para alimentação.

Momento cultural:
Encontrei alguns portugueses aqui na conferência e descobri que em Portugal "café da manhã" se chama "Pequeno Almoço" - com sotaque, é claro ;-)

sábado, setembro 23, 2006

Ele está de volta: O diário de um fim de semana - Especial, 30 horas de viagem para Helsinque

Sexta cedinho levantei pra pegar o Vôo JJ 3102 com destino de Floripa a São Paulo. Já no aeroporto constatei a simpatia do funcionário da TAM (pausa esecial para música da TAM... tan, tan, tan taaannn, taaannn tan, taran tan taaannn - é morbido... eu sei heheh).

Para minha surpresa (e devido a falta de atenção) só lá no aeroporto fiquei sabendo que o vôo ia de Floripa a SP (capital) e de lá nós (meu orientador e eu) teriamos que pegar um busão até Guarulhos... mas sem estresse... tempo não faltou. O vôo saiu de Floripa as 10:10 e o vôo para Amsterdam (segunda escala) saia somente as 18:35.

A vantagem desse troca-troca (no bom sentido) é que fomos almoçar em um bom restaurante em SP... bom e barato... com direito até a picanha :-)

Bem mais tarde, depois de um verdadeiro chá-de-cadeira saiu o vôo KL 0798 com destino a Amsterdaããnnnn. No check-in, por sorte, consegui ficar no corredor, pois sentaram ao meu lado dois músicos de Moçambique... até ai nada de mais, a não ser pelo detalhe que estavamos na classe econômica (óbvio!) e que um dos indivíduos parecia um armário (2m x 2m)... já imaginou se eu fico no banco do meio???

11 horas mais tarde o avião (modelo) descia no aeroporto de Schiphol, mas eu não tinha dormido quase nada... talvez umas 2 horas em doses homeopáticas de 10 minutos cada.

Já em Amsterdããaamm-you foi fazer procurar o portão de embarque e esperar o próximo vôo para Helsinque (mais 2 horas e 30 min. de viagem).

Finalmente depois de 30 horas ininterruptas e 6 horas de fuso na cabeça chegamos. Achar o hotel foi relativamente fácil pois este é bem localizado.

Agora 23:13 no Brasil (05:13 na Finlândia) eu vou tentar dormir de novo pois o domingo reserva um grande passeio pela cidade e algumas horas de trabalho...

(continua...)

quinta-feira, setembro 21, 2006

pausa

Uma breve pausa para uma viagem de trabalho...

voltamos em seguida!

quarta-feira, setembro 20, 2006

terça-feira, setembro 19, 2006

vai começar...

Entrado em "transe mental" para estar preparado para duas semanas de muita correria!!!

quarta-feira, setembro 13, 2006

Os nossos japoneses são mais criativos que os deles?

Esse vídeo (o primeiro do meu blog) mostra vááááárias aberturas de um programa japonês... o que mais chama a atenção é o nível do programa infantil deles. Agora compare isso com o que passa na nossa TV. Não é por acaso que somos sub-desenvolvidos (e sempre seremos)



Pitagora Suicchi

segunda-feira, setembro 11, 2006

Aniversário

Nem parece... mas hoje completa 6 anos que sai lááááaaaa do interior e vim morar na "capitar".

:-)

terça-feira, agosto 29, 2006

Da série: só acontece em época de campanha eleitoral - o retorno

Concordo que os impostos no nosso país são abusivos e tal, mas hoje eu ouvi um canditado aqui de SC dizer que, se eleito, irá votar uma lei para que as micro, pequenas, médias empreas e os assalariados tenham taxa 0 (ZERO!!!) de impostos.

Por favor... quem é o otário aqui? eu ou ele?

quinta-feira, agosto 24, 2006

da wikipedia...

A Aurora boreal acontece no pólo norte, enquanto a aurora austral acontece no pólo sul. Ambas são denominadas auroras polares. Este fenômeno é causado por uma tempestade magnética, que decorre de explosões no Sol que espalham no espaço e ao contato com as extremidades do Planeta Terra causam efeitos visuais impressionantes.

Auroras boreais são causadas pelo facto do Sol emitir em todas as direções uma grande quantidade de partículas electricamente carregadas, este fluxo de partículas recebe o nome de vento solar, que ao atingir as altas camadas da atmosfera da Terra, são capturadas e aceleradas pelo magnetismo terrestre (que é mais intenso nas regiões polares) formam correntes eléctricas que colidem com átomos de oxigénio e nitrogénio - num processo semelhante à ionização de gases que faz acender o tubo de uma lâmpada fluorescente.

Esses choques produzem radiação em diversos comprimentos de onda, gerando assim as cores características da aurora, em tonalidades fortes e cintilantes. Normalmente, as auroras boreais são esverdeadas pois os átomos de oxigénio das altas camadas atmosféricas emitem luz verde, após serem excitados pelos elétrons de alta velocidade do vento solar. Quando a tempestade é mais forte, camadas mais baixas da atmosfera são atingidas pelo vento solar e a aurora boreal pode tornar-se vermelha, cor da luz emitida por átomos excitados de nitrogénio, outro constituinte de nossa atmosfera.

terça-feira, agosto 22, 2006

quinta-feira, agosto 17, 2006

Da série: só acontece em época de campanha eleitoral

Pois bem, hoje de manhã, ainda tentando me recuperar de uma noite mal dormida (mais uma?!?! sim, mas desta vez a culpa é da gripe), vou ouvindo o horário eleitoral gratuito no rádio. Lá pelas tantas um certo indivíduou que não recupero o nome, mesmo que lembrasse acho que não teria coragem explicitar, solta a seguinte pérola:

"O Brasil precisa de uma moeda FORTE como o Euro para que seja competitivo como a China"!!

quarta-feira, agosto 16, 2006

se eu passar dessa...

Então... semana pesada, negra, obscura...

Acho que se eu terminar o dito doutorado ileso poderei me considerar um cara de sorte.

a combinação é quase perfeita... stress e insônia... só falta eu começar almoçar no McDonalds :-/

que FASE!!!

segunda-feira, julho 31, 2006

esqueci

Em casa, no fim de semana, esqueci de colar um bagulhinho que está quebrado no porta luvas do carro.

Esqueci de tirar aqueles adesivosinhos medonhos do pára-brisa (não... o carro não é novo).

Hoje de manhã sai cedo (4:00) de láaaaa do interior pra voltar pra "nossa" ilha da magia (controvérsias com este termo).

Na segunda parada pra pegar a última leva de caroneiros descobri que estava com a chave da casa dos meus pais, esqueci de deixar em casa. Felizmente eles tem cópia... ou esta é a cópia... sei lá, o que importa é que pelo menos eles têm uma chave.

Ao chegar em Florianópolis descobri que esqueci de deixar o guarda-chuva da minha namorada na casa dela (200km daqui).

Também esqueci de pegar a minha lapiseira que está com ela.

Esqueci de trazer uma toalha de banho extra.

Ao chegar na aula de inglês descobri que tinha esquecido o livro de english vocabulary em casa.

ôooo cabeça!!

será que esqueci mais alguma coisa?

sexta-feira, julho 28, 2006

o que não faz o medo

Acho que eles já viram o que pode resultar disso...

terça-feira, julho 25, 2006

resquicios da ignorancia tupiniquim terceiro-mundista

Pois é... em poucos dias vou começar "de facto" a escrever a minha tese. confesso que gostaria muito de escrever na lingua inglesa, mas devido uma norma da UFSC de 1997 (quase 10 anos) não é permitido.

Agora vejam:
- 90% dos artigos e livros que eu leio estão em inglês
- 100% dos artigos que eu escrevi, foram em inglês
- 95% das pessoas que estão potencialmente interessadas no assunto que eu estou abordando NÃO falam português.
- Qualquer um que tenha interesse na área terá que ler a bibliografia de base que esta em... adivinhe.... em inglês.

Em resumo... ou eles aprendem português ou eu escrevo nas 2 linguas...
detalhe... todos os países desenvolvidos tecnologicamente permitem escrever ou na língua-mãe ou em inglês (por exemplo, Alemanha, Espanha, França... etc).

santa burrice administrativa!!!

Alguém se atreve a tentar me convencer sobre a importância da lingua portuguesa e os "valores" dela no Brasil???

segunda-feira, julho 24, 2006

relapso

sei que ando meio afastado do blog... mas uma hora dessas eu volto ;-)

quinta-feira, julho 13, 2006

lembrando

Hoje é o dia internacional do rock.

(lembrete válido apenas aos apreciadores)

domingo, julho 09, 2006

domingo, julho 02, 2006

em tempo...

onde está o *patriotismo* do povo brasileiro hoje?
quantas pessoas você viu nas ruas vestindo verde-amarelo?
cade os vendedores ambulantes?

eita país de m! ou seria... eita povinho de m?

tomou?

Merecia ter perdido de 5 a 0 e não de 1 a 0...

Na verdade a seleção (?!?) não mostrou nada mais do que a realidade na vida, ou seja, de nada adianta ter nome, o que vale é fazer!!

A seleção não fez, tomou!

quarta-feira, junho 28, 2006

sad but true

Plagiando o título da música do Metallica... "Sad but true"

quando eu digo que a UFSC é terra sem lei, tem gente que acha ruim, mas ai está a prova

domingo, junho 25, 2006

não perca

Não perca a chance de dizer o quanto você gosta ou admira uma pessoa
não perca a chance de agradecer
não perca a chance de ajudar
não perca a chance de compartilhar
... pois você nunca sabe quando será a última vez.

Já dizia aquela banda famosa:
"É preciso amar as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Por que se você parar, pra pensar.
Na verdade não há"


(melhoras ao amigo!)

terça-feira, junho 20, 2006

sono? cansado?

Depois de literalmente dormir na minha mesa de trabalho ontem a tarde, resolvi tirar um cochilo logo a noitinha. Deitei por volta das 19:30, acordei hoje de manhã as 7:00 com o relógio despertando.

segunda-feira, junho 19, 2006

eu vi

Uma bandinha tocando um bom de um rock n' roll (AC/DC, The Doors e outros),
Um show nativista,
Uma bandinha pop-rock vagabunda de ruim,
Dois shows acústicos,
Gaúcho da Fronteira e
Barão Vermelho

(tudo na mesma noite)

P.S. O único show que eu assisti por completo foi Barão.

quinta-feira, junho 15, 2006

terça-feira, junho 13, 2006

segunda-feira, junho 12, 2006

um toque de nostalgismo

então, a copa do munto está ai e nós também (trabalhando), mas... bom, aqui no laboratório não temos TV, assim a alternativa foi ouvir os jogos pelo rádio.

Quase pude me ver nos anos 70 como alguém trabalhando e acompanhando os jogos :-)

A única diferença é que a transmissão é pela Internet.

sexta-feira, junho 09, 2006

Eclipse - Pink Floyd

All that you touch
All that you see
All that you taste
All you feel.
All that you love
All that you hate
All you distrust
All you save.
All that you give
All that you deal
All that you buy,
Beg, borrow or steal.
All you create
All you destroy
All that you do
All that you say.
All that you eat
And everyone you meet
All that you slight
And everyone you fight.
All that is now
All that is gone
All thats to come
And everything under the sun is in tune
But the sun is eclipsed by the moon.

There is no dark side of the moon really. matter of fact its all dark.

uma luz no fim do túnel

eu vejo uma luz no fim do túnel, só espero que não seja um trem vindo em minha direção!

terça-feira, junho 06, 2006

sobre o post anterior

Eu tive alguns alunos nesse semestre e uma das tarefas era fazer um trabalhinho (tinha que fazer um programa de computador), mas alguns deles copiaram... um daqueles que copiou escreveu pra mim dizendo que um aluno apenas ajudou a elaborar a lógica de funcionamento. O engraçado é que apenas o cabeçalho do programa do aluno que ajudou era diferente, até o número de espaços em branco nas linhas era igual.

Sabe... você pode ter 1.000 programas que fazem a mesma coisa, mas o código de como resolver essas coisa será diferente de pessoa pra pessoa. E eles ainda acham que eu não vejo isso.

é...

tem gente que não aprende...

depois eu que sou ruim!

quinta-feira, junho 01, 2006

não resisti

"Traduzido" do site www.phdcomics.com

O título da sua Tese pode ser entendido como:

Condensando mais da metade de uma década de sua via em uma linha.

Vizinhos barulhentos?

Quando você não está se sentindo legal é algo triste. Pois bem, segunda-feira eu estava com febre e fui deitar um pouco mais cedo, por volta das 22:30. Santo engano que eu consegui descançar. O vizinho do prédio da frente resolveu falar ao telefone na janela (neste caso o telefone não era necessário pois mesmo sem a invenção de Alexander Graham Bell a pessosoa do outro lado da linha conseguiria ouvir de tão alto que ele falava).
Ok, passada uma 1/2 hora mais ou menos o indivíduo desligou, então pensei "agora consigo dormir" e mais uma vez não foi bem assim. Acho que os vizinhos do andar logo acima do meu apartamento não sabem o que é usar hawaianas, nem preciso dizer o resto...
Perto da meia-noite o "silêncio" voltou a reinar (sim, silêncio entre " " porque na minha rua o barulho de carros é constante. Ahhh que soninho gostoso!! Porém exatamente as 02:36 o(a) vizinho(a) do andar de baixo resolveu aouvir Ana Carolina enquanto tomava banho!! Até ai tudo bem, mas ligar o som em um comodo da casa alto suficiente pra que ele(a) possa ouvir do banheiro embaixo do chuveiro as 02:36 é pedir demais. Sorte dele(a) que eu estava tão down que identifiquei de onde vinha o barulho poucos minutos antes de desligar aquela coisa (por volta das 02:50).

terça-feira, maio 30, 2006

down

eita... dor de garganta, febre, dores no corpo... seria gripe?

segunda-feira, maio 29, 2006

Frase

As vezes é preciso cair para poder parar e ver quanto estamos longe...

quinta-feira, maio 25, 2006

seria somente comigo?

Alguém mais está com enormes dificuldades de acordar de manhã cedo?

Eu confesso que gosto de acordar cedo... o dia rende mais pra mim, mas nas últimas semanas tem sido cada vez pior sair da cama. Sem contar que dormir com esse friozinho que anda fazendo é uma beleza :-)

é um país de m.

veja isso... e pior é que o cara vai "vender" todo o conhecimento dele para a inciativa privada!

sexta-feira, maio 19, 2006

leve impressão

Sabe quando tem aquela voz dentro da sua cabeça que diz pra você que alguma coisa não vai dar certo?

quinta-feira, maio 18, 2006

leituras

Lista dos livros desse ano

Ponto de Impacto - Dan Brown
O Rei do Inverno - Bernard Cornwell
Jogo Perigoso - Stephen King (lendo)

quarta-feira, maio 17, 2006

eu vi....

Hoje eu vi gente usando luvas e gorro!! O detalhe é que os termômetros marcavam 23 graus!!

P.S. - Vi umas 3 pessoas com pelo menos um desses itens.

segunda-feira, maio 15, 2006

quarta-feira, maio 10, 2006

em recesso!

Aviso: estou abandonando o blog temporariamente devido a carga de trabalho. Devo voltar SDS!

sexta-feira, maio 05, 2006

eu, no meu momento mais ogro!

Antes q alguém venha dizer besteira, SIM, estou tomando banho todos os dias!

Caramba... estou barbudo e cabeludo. Não que eu esteja me importando muito com isso, mas eu com essa aparência de pseudo-Jesus até pensei em fundar uma igreja ;-) uma vez um dos meus primos sugeiru um nome interessante: "Igreja Quadrangular do Triângulo Redondo".

Alguém se candidata?

quarta-feira, maio 03, 2006

e assim vai

Entre um rosto e um retrato
O real e o abstrato
Entre a loucura e a lucidez
Entre o uniforme e a nudez
Entre o fim do mundo e o fim do mês
Entre a verdade e o rock inglês
Entre os outros e vocês

Eu me sinto um estrangeiro
Passageiro de algum trem
Que não passa por aqui
Que não passa de ilusão

Parte da música "A Revolta dos Dândis"
Engenheiros do Hawaii

Composição: Humberto Gessinger


Seria tudo isso uma ilusão?

quinta-feira, abril 27, 2006

déjà vu

Uma vez Hery Ford declarou que seus carros viriam em qualquer cor que os clientes quisessem, contanto que fossem pretos.

Pois é... eu vejo esse tipo de coisa acontecer até hoje.

P.S. nesses momentos enfrentamos mais um paradoxo...
Manda quem pode e obedece quem tem juízo, mas o que acontecerá se quem manda for engolido pela "concorrência"??

quarta-feira, abril 26, 2006

tantas coisas q eu queria fazer

Terminar de ler "O senhor do inverno"
Ver as duas primeiras temporadas de "Os Simpsons"
Ter mais tempo pra minha namorada, pros meus pais, pra minha avó q está doente e pro meu cachorro (sim...)
Entender como algumas "teorias" funcionam
Mais dedicação para aprender melhor inglês
Aprender "de facto" italiano
... e assim vai...

sábado, abril 22, 2006

Pérolas do Gavião Bueno neste sábado de manhã!

5 minutos assistindo TV e ouvi essas 2 frases:

... e ele vai tentar uma tentativa...
(
tentativa é o ato ou o efeito de tentar, portanto o nossoamigo” cometeu mais um pleonasmo do tiposair para foraouentrar para dentro”...

O maravilhoso ruído dos motores!!
(ruído é qualquer som indistinto, sem harmonia; som produzido por vibrações irregulares)

plagiando o mesmo autor destas péloras... haja coração (e paciência)!

É incrível como um cara desses continua empregado.

segunda-feira, abril 17, 2006

plagiando minha tia

Os problemas nunca aparecem um de cada vez, mas sim por lote.

terça-feira, abril 11, 2006

altos e baixos

Todo mundo tem um "balde de merda" pra comer, isso é inevitável.
As vezes eu acho que o meu balde se tornou um barril.

coisas

Estou sem TV a qse dois meses (por opção) e sabe q não é tão ruim assim?!?!

quarta-feira, abril 05, 2006

eu sabia...

Já desconfiava q tinha coisa estranha na história do astronauta brasileiro...

ai está a prova

finalmente...

Depois de dois dias com muito trabalho e vários sustos, agora o meu PC está pronto para as próximas batalhas... (com Linux)

tks Gesser pela força!

quarta-feira, março 29, 2006

da música "brain damage" do pink floyd

And if the dam breaks open many years too soon
And if there is no room upon the hill
And if your head explodes with dark forbodings too
I’ll see you on the dark side of the moon


e ainda tem gente q usa droga pra viajar...

no mínimo curiso...

Descobri que ouvir Janis Joplin e Pink Floyd é tão viagem q as vezes até dão inspiração para escrever a minha tese...

terça-feira, março 28, 2006

Wonderful Tonight

(by Eric Clapton)

It’s late in the evening
She’s wondering what clothes to wear
She puts on her make up
And brushes her long blonde hair
And then she asks me
Do I look alright
And I say yes, you look wonderful tonight

We go a party
And everyone turns to see
This beautiful lady
That’s walking around with me
And then she asks me
Do you feel alright
And I say yes, I feel wonderful tonight

I feel wonderful
Because I see the love light in your eyes
And the wonder of it all
Is that you just don’t realize
How much I love you

It’s time to go home now
And I’ve got an aching head
So I give her the car keys
She helps me to bed
And then I tell her
As I turn out the light
I say my darling, you were wonderful tonight
Oh my darling, you were wonderful tonight

segunda-feira, março 27, 2006

é difícil

como é triste ter que ler alguma coisa 3 ou 4 vezes pra poder entender o q o autor quer dizer...

sábado, março 25, 2006

+ uma música legalzinha...

"Miss Sarajevo"

Is there a time for keeping a distance
A time to turn your eyes away
Is there a time for keeping your head down
For getting on with your day

Is there a time for kohl and lipstick
A time for cutting hair
Is there a time for high street shopping
To find the right dress to wear

Here she comes
Heads turn around
Here she comes
To take her crown

Is there a time to walk for cover
A time for kiss and tell
Is there a time for different colors
Different names you find it hard to spell

Is there a time for first communion
A time for east 17
Is there a time to turn the mecca
Is there a time to be a beauty queen

Here she comes
Beauty plays the crown
Here she comes
Surreal in her crown

[Pavarotti]
Dici che il fiume
trova la via al mare
E come il fiume
giungerai a me
Oltre i confini
e le terre assetate
Dici che come fiume
come fiume
L'amore giunger
L'amore
E non so pi pregare
E nell'amore non so pi sperare
E quell'amore non so pi aspettare

[English translation:]

You say that the river
finds the way to the sea
And as the river
you'll come to me
Beyond the borders
and the thirsty lands
You say that as river
As river
Love will come
Love
And I cannot pray anymore
And I cannot hope in love anymore
And I cannot wait for love anymore

[Bono]
Is there a time for tying ribbons
A time for Christmas trees
Is there a time for laying tables
When the night is set to freeze

quarta-feira, março 22, 2006

sonho...

Essa noite sonhei q estava defendendo a minha tese e não tinha os slides prontos...

a tortura começou cedo esse ano....

água

Hoje é o dia da água... então, nem q seja por hoje, vamos preservar esse bem!

terça-feira, março 21, 2006

preços especiais

Na próxima quinta-feira terá show dos Enenheiros do Hawaii no teatro do CIC aqui em Floripa... eu gosto da banda, apesar de as vezes as letras serem um pouco repetitivas, mas mesmo assim é um show q eu gostaria de ver na versão acústica. Porém os preços estão um pouquinho além do meu alcance financeiro, veja:

DIA - 23/03 – SHOW ENGENHEIROS DO HAWAII - NÃO ACEITA CHEQUE

Horário – 21:00
Preço:
R$ 100,00 a partir do dia 13
R$ 50,00 estudantes, idosos e menores 18 anos a partir do dia 13
R$ 50,00 para quem doar 1 kg alimento não perecível a partir do dia 13
R$ 80,00 até o dia 12
R$ 40,00 estudantes, idosos e menores 18 anos até o dia 12
R$ 40,00 para quem doar 1 kg alimento não perecível até o dia 12

segunda-feira, março 20, 2006

calor, calor, calor

Alguém disse q o inferno é quente?

Se disse isso foi pq não passou em Florianópolis neste sábado e domingo...
Só pra ter uma idéia, tava tão quente q no sábado as 10:30 P.M. ainda estava 30 graus e no domingo eu suava parado... (na sombra)... mais uma vez, saudade da neve!

terça-feira, março 14, 2006

santa (???) hipocrisia...

Um dos meus primos por parte de mãe casou nesse fds... até ai tudo bem, mas o q mais me chamou a atenção foi ver na festa de casamento algumas pessoas.

Explico... mesmo q alguém da família não goste do noivo, da noiva, ou de algum tio e por ai vai, ainda assim, por uma questão de respeito, a pessoa aparece por lá, afinal é "família". Entretando, algumas pessoas q estavam lá não eram nem parentes dele, nem parentes dela... e pior... sempre falaram mal de pelo menos um dos dois. Nessas horas eu me pergunto, o q esse povo tem na cabeça?

P.S. - É por essas e outras q o nosso país não vai pra frente...

sexta-feira, março 10, 2006

a vida imita a arte... (parte 2)


Continuação do tópico - Qualquer semelhança é mera coincidência...


Créditos: PhD comics

segunda-feira, março 06, 2006

será q eu sobrevivo?

O RU serve hoje arroz, feijão, quibe, creme de milho e salada de beterraba. A sobremesa é paçoca.

domingo, março 05, 2006

um dia perfeito


Da madrugada da quinta-feira para sexta-feira dormi mal feito um cavalo... o calor era tamanho que, na noite anterior logo depois de tomar banho já estava suando.
Sexta-feira levantei cedo por dois motivos: 1) o alarme do relógio estava tocando e 2) minha cabeça doia muito.

Sai da cama ainda meio zonzo devido ao sono de uma noite muito mal dormida e motivado pela dor. Primeira providência foi tomar um remédio pois, caso contrário, mais tarde seria crítico (experiência de anos com essas dores que me atormentam). Como levantei cedo, fui trabalhar... o calor as 7:20 da manhã já era algo que me perturbava e ao chegar no laboratório (o primeiro) já estava todo suado.

Durante a manhã foi aquela rotina: trabalho, trabalho e trabalho.

Ahhh um conforto, o almoço. Sem comentários, foi um dos piores dos últimos tempos... o famoso bife 007 (frio, duro e com nervos de aço) deu as caras junto com o feijão solitário... vendo o lado bom, o arroz unidos venceremos estava em greve.

A tarde tinha uma reunião com o meu orientador, hora marcada: 14:00. As 14:30 liguei pra ele e ele disse que estava chegando. 10 min mais tarde entramos na sala dele. A temperatura no corredor estava passando dos 30 graus centígrados, na sala 21 graus. Com o choque térmico fique roco.

Depois de 1 hora e meia sai da reunião com muito mais serviço (e problemas) do que eu esperava.

O resto da tarde foi idêntico a minha manhã.

Por volta das 20:00 horas resolvo ir pra casa, mas naquele momento São Pedro resolveu me sacanear e deixou cair o mundo em forma de chuva. Só pra ter noção, eu estava usando um guarda-chuva EGG (extra-grande-grande) e mesmo assim cheguei em casa molhado até um pouco acima da cintura.

sexta-feira, março 03, 2006

trabalho

é foda... quando vc acha q pode ter terminado algo, este algo apenas começou!

quarta-feira, março 01, 2006

Da série: coisas estúpidas que eu faço

A garagem do novo apartamento é um teste de paciência e habilidade, mas nada que umas duas semanas praticando não resolva ;-)
Indo direto aos fatos... na sexta-feira de Carnaval, por volta das 19:00 h, cheguei em casa com o carro e comecei a manobra. Estudei a distância para não ter que ir e voltar. Logo concluí que deveria viara um pouco antes do pilar para poder manobrar apenas uma vez, mas eu já tinha começado errado e sofri um pouco. Logo após estacionar pensei comigo:
- Ufa! essa foi tão difícil...
- Nossa... tem algo diferente
- Puts, entrei na vaga de garagem do vizinho :-/

sexta-feira, fevereiro 24, 2006

...

carnaval, carnaval... eu fico triste quando chega o carnaval (Titãs)

Mais um carnaval está ai, o que será dessa vez?

quinta-feira, fevereiro 23, 2006

já faz tempo q não faço dessas...

Seguindo a onda:

U2

Vertigo

Unos, dos, tres, catorce
Turn it up loud, captain

Lights go down
It's dark, the jungle is
Your head can't rule your heart
A feeling so much stronger
Than a thought
Your eyes are wide
And though your soul
It can't be bought
Your mind can wander

Hello, hello
Hola
I'm at a place called Vertigo
Dond' esta
It's everything I wish I didn't know
Except you give me something I can feel
Feel

The night is full of holes
As bullets rip the sky
Of ink with gold
They twinkle
As the boys play rock and roll
They know that they can't dance
At least they know

I can't stand the beats
I'm asking for the check
Girl with crimson nails
Has Jesus 'round her neck
Swinging to the music
Swinging to the music

Hello, hello
Hola
I'm at a place called Vertigo
Dond' esta
It's everything I wish I didn't know
But you give me something I can feel
Feel

Shot dead
Shots fall
Show me, yeah

All of this, all of this can be yours
All of this, all of this can be yours
All of this, all of this can be yours
Just give me what I want
And no one gets hurt

Hello, hello
Hola
We're at a place called Vertigo
Dond' esta
Lights go down and all I know
Is that you give me something
I can feel your love teaching me how
Your love is teaching me how
How to kneel
Kneel

Yeah, yeah, yeah, yeah
Yeah, yeah, yeah, yeah
Yeah, yeah, yeah, yeah

terça-feira, fevereiro 21, 2006

tarefas do dia...

1 - Revisar e "cortar" pelo menos duas páginas e meia do artigo que eu estou escrevendo para uma conferência (tenho q ter isso pronto até sexta, mas ainda tem q passar pela aprovação do meu orientador)

2 - Reunião com a minha chefe no projeto da EU.

3 - Fazer a minha mudança para o novo ap (finalmente conseguimos alugar!)

... parece pouco? tenta fazer vc mesmo(a)!

P.S. - não, não... ainda não comecei a reclamar ;-)

tarefas do dia...

1 - Revisar e "cortar" pelo menos duas páginas e meia do artigo que eu estou escrevendo para uma conferência (tenho q ter isso pronto até sexta, mas ainda tem q passar pela aprovação do meu orientador)

2 - Reunião com a minha chefe no projeto da EU.

3 - Fazer a minha mudança para o novo ap (finalmente conseguimos alugar!)

... parece pouco? tenta fazer vc mesmo(a)!

P.S. - não, não... ainda não comecei a reinar ;-)

segunda-feira, fevereiro 20, 2006

seria um praga??

do final de semana...

sábado dia ensolarado e quente, trabalhei das 8:00 as 18:00;
domingo dia chuvoso/nublado, fiquei em casa.

e assim vai...

sábado, fevereiro 18, 2006

sim..

De volta e com força total... certas coisas não mudam nunca, por exemplo, hoje é sabado e adivinhem?!?! Estou trabalhando.

sexta-feira, fevereiro 17, 2006

back to work

pois é... voltamos ao trabalho!

Agora é torcer que (e fazer) o dia produtivo!

quinta-feira, fevereiro 16, 2006

a peleia continua...

até agora nada de apartamento...

pra quem planejou mudar para o apto definitivo até o carnaval, as expectativas não são nada boas.

que fase!!

quarta-feira, fevereiro 15, 2006

ilha da magia??

só fala isso quem

- Não precisa alugar apartamento ou
- Tem muita grana pra gastar com isso...

maldito custo de vida!

segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Quase de volta...

Depois da chegada ao Brasil não postei mais, mas assim q eu voltar à rotina em Floripa (se é q isso é possível) eu vou retornar ao blog.

tenho dito.

segunda-feira, janeiro 23, 2006

Coincidências do dia a dia


Dilema total na sexta a tarde... ir ou não ir a Postojna (?!?!?)

Já a noitinha tomei a decisão de ir (pq na minha opinião a Dani iria gostar).
Dito e feito... no sábado acordamos por volta das 8:00 e o plano era de chegar sem pressa na estação pq eu sabia q tinha um trem as 10:30, mas como tudo correu bem chegamos lá as 9:20 :-)

5 minutos na fila e descobrimos q o próximo trem sairia as 9:30. Compramos as passagens, corremos até a plataforma, embarcamos e iniciamos a viagem.

Passada 1 h chegavamos numa pequena cidade (tipo Tangará) com uma estação modesta, lá estavamos, Postojna... e agora? o q fazer? onde fica a caverna?

Podem até me chamar de louco, mas eu não tinha mapa da cidade, não sabia os horários de abertura e nem os horários de trem pra voltar pra Ljubliana.

Como só tinha uma rua que saia da estação para o "centro" da cidade, foi nessa mesma que nos encaminhamos ;-)

1,5 km depois já estavamos no centro e mais 1 km na entrada da caverna...

2 horas de passeio, algumas lembranças e voltamos à estação. 4 minutos de espera e o trem chegava.

conclusão... mais sorte do que juízo.

quarta-feira, janeiro 18, 2006

Momento futurista no estilo Info-exame (ainda existe essa revista??)

15 Tech Concepts You'll Need To Know In 2006

Scientific and technological breakthroughs can take years to develop, but when they leave the lab and enter the world at large, word spreads quickly. Here's a look at the advances you'll be hearing about in the coming year.

BY ALEX HUTCHINSON
Driver-Monitoring System
Instead of just watching for hazards on the road, Toyota's latest precrash safety system is turning its attention to the most likely cause of an accident: you. This spring, Lexus models in Japan will be available with a camera mounted on the steering column that uses facial-recognition software to determine whether you're watching the road. If not, and the front-mounted radar sees you're getting too close to something, it will flash a light, then beep and tap the brakes if you persist in rubbernecking.

Body Area Network (BAN)
Like everything else, implantable medical devices are going wireless. A new in-body antenna chip from Zarlink Semiconductor is in preproduction, and should appear in pacemakers and hearing implants this year. By transmitting data to and receiving instructions from nearby base stations, BAN chips can reprogram your heartbeat at your doctor's office or make a diagnosis from a bedside wireless monitor at home.

Internet Protocol Television (IPTV)
Voice over Internet Protocol (VoIP) already lets us make phone calls over the Internet. Now, IPTV is doing something similar for video. The advantage? Convergence. If your TV is tapped into the Internet, you can program your DVR to record over the Web from your office. Future applications may add interactivity to standard TV broadcasts. For example: multiple viewing angles for sports events. Telco SBC is betting an estimated $4 billion on its Project Lightspeed, which will roll out IPTV across the country this year.

Metadata
It used to be that a file was just a file, identified by a name and a three-letter extension. But computer storage has exponentially increased the number of files a PC can access. Programs such as word processors currently collect metadata--literally "data about data"--detailing who wrote each file; music programs such as iTunes automatically tag song files with album details from online databases. Apple's Tiger operating system automates the process of metadata collection and uses it to help you quickly search through huge amounts of data to find files on your computer. Likewise, Microsoft says metadata searches will be integrated into its Vista OS, which ships later this year.

NAND Flash Memory
Compared to the mini hard drives used in portable electronics, flash memory is smaller, has fewer moving parts and uses less power. But until recently, flash hasn't had the storage capacity to find its way into multigigabyte devices. NAND flash memory, however, can store huge amounts of data on tiny chips. (The NAND refers to the logic gate used in the circuits.) Last fall, Apple brought NAND chips into the hands of the public with the 2GB and 4GB iPod nano music players. Capacities will only increase. Samsung has announced that its 16GB NAND chip will be on the market before the end of 2006.

Nanoparticle Batteries
Even if your batteries lasted 10 times longer, they would still die at the wrong time. Toshiba is developing batteries that use nanoparticles to improve lithium-ion absorption during recharging--going from zero to 80 percent charge in 1 minute. This year, the batteries will appear in cars and factories, but they should eventually find their way to laptops and cellular phones.

SPIT (SPam over Internet Telephony)
The spread of VoIP has been relatively peaceful--so far. But as its popularity has grown, hackers have developed an interest. One company, Internet Security Systems (ISS), found a security flaw in Cisco's VoIP technology last summer. In addition to hacking worries, VoIP can be used like e-mail to send a single voice message to thousands of recipients simultaneously, creating a telemarketer from hell. ISS's software already has some SPIT protection, but more will be needed when the problem explodes this year.

Micro Fuel Cells
We've been promised a fuel cell revolution for years, but now fuel cells small enough for portable electronics are making their way to market. Coming this year, UltraCell's paperback-size "reformed methanol" unit has twice the energy density of lithium-ion batteries and can power a laptop computer. Fuel cells for cellphones will have to wait for another year, but Toshiba recently demonstrated "direct methanol" prototypes, the size of a pack of gum, powering MP3 players.

Electronic Medical Records (EMR)
A recent CDC study shows that less than a third of U.S. hospitals use electronic medical records, a situation that had dangerous repercussions in the chaos following Hurricane Katrina. It won't be easy--or cheap--to establish a secure, nationwide network that puts test results and prescriptions online, and allows national disease trends to be tracked. President Bush has proposed a $125 million budget for 2006 to develop EMR programs.

Coal Gasification
This technology turns coal into its gaseous elements, allowing pollutants like sulfur to be stripped from the gas before it's burned--turning "dirty coal" into a cleaner fuel. The basic technique has been around for a century, but pollution concerns and rising energy costs are spurring new development. Power plants in Illinois, Ohio and Indiana have started the engineering design process, which should be complete by this fall.

Perpendicular Storage
Current hard drives use longitudinal storage, with magnetic bits laid out end to end. If the bits are packed perpendicularly, you save space--like dominoes standing on end rather than lying flat. Hitachi estimates that by the end of the decade, perpendicular drives could store 10 times more data than today's drives.

Fonte: Popular Mechanics

segunda-feira, janeiro 16, 2006

o tempo passa... o tempo voa...

Pois é... em duas semanas estarei embarcando de volta pro "Brasilsão de meu Deus".

Aparentemente sobrevivi a mais esta :-)
Agora vamos ver o q teremos pela frente.

e q assim seja!

quinta-feira, janeiro 12, 2006

maldito sedentarismo

ahhh... hj tive a prova definitiva que estou enferrujado.

Já estou quase prometendo q assim q eu voltar pra Floripa eu vou praticar uma atividade física com frequência.

que fase!

terça-feira, janeiro 10, 2006

Frio parte IV

Isso já está parecendo o filme do Rocky




Andrew... Andrew!!!!

segunda-feira, janeiro 09, 2006

Meeedo

Certas vezes temos q tomar algumas decisões importantes na vida... ahhh como isso é difícil!!

quinta-feira, janeiro 05, 2006

Coisas que eu sempre faço e nunca me dou conta...

Só hoje que eu percebi que toda vez que eu saio de casa os acessórios mínimos são:
- Luvas
- Gorro
- Cachecol
- Calçado pra andar na neve, ou pelo menos q não escorregue tanto
- Guarda-chuva

Isso sem contar as chaves, carteira e adereços q qqr pessoa comum precisa.

segunda-feira, janeiro 02, 2006

é pensar sobre o assunto...

Não tenho costume de postar e-mails... mas esse é um bom começo para o Ano-Novo :-)

Precisa-se de Matéria Prima para construir um País
João Ubaldo Ribeiro

A crença geral anterior era que Collor não servia, bem como Itamar e Fernando Henrique. Agora dizemos que Lula não serve. E o que vier depois de Lula também não servirá para nada..

Por isso estou começando a suspeitar que o problema não está no ladrão corrupto que foi Collor, ou na farsa que é o Lula. O problema está em nós. Nós como POVO. Nós como matéria prima de um país.

Porque pertenço a um país onde a ESPERTEZA" é a moeda que sempre é valorizada, tanto ou mais do que o dólar.

Um país onde ficar rico da noite para o dia é uma virtude mais apreciada do que formar uma família, baseada em valores e respeito aos demais.

Pertenço a um país onde, lamentavelmente, os jornais jamais poderão ser vendidos como em outros países, isto é, pondo umas caixas nas calçadas onde se paga por um só jornal... E SE TIRA UM SÓ JORNAL, DEIXANDO OS DEMAIS ONDE ESTÃO.

Pertenço ao país onde as "EMPRESAS PRIVADAS" são papelarias particulares de seus empregados desonestos, que levam para casa, como se fosse correto, folhas de papel, lápis, canetas, clipes e tudo o que possa ser útil para o trabalho dos filhos e para eles mesmos.

Pertenço a um país onde a gente se sente o máximo porque conseguiu "puxar" a tevê a cabo do vizinho, onde a gente frauda a declaração de imposto de renda para não pagar ou pagar menos impostos.

Pertenço a um país onde a impontualidade é um hábito.

Onde os diretores das empresas não valorizam o capital humano.

Onde há pouco interesse pela ecologia, onde as pessoas atiram lixo nas ruas e depois reclamam do governo por não limpar os esgotos.

Onde pessoas fazem "gatos" para roubar luz e água e nos queixamos de como esses serviços estão caros.

Onde não existe a cultura pela leitura (exemplo maior nosso atual Presidente, que recentemente falou que é "muito chato ter que ler") e não há consciência nem memória política, histórica nem econômica.

Onde nossos congressistas trabalham dois dias por semana para aprovar projetos e leis que só servem para afundar aos que não tem, encher o saco aos que tem pouco e beneficiar só a alguns.

Pertenço a um país onde as carteiras de motorista e os certificados médicos podem ser "comprados", sem fazer nenhum exame.

Um país onde uma pessoa de idade avançada, ou uma mulher com uma criança nos braços, ou um inválido, fica em pé no ônibus, enquanto a pessoa que está sentada finge que dorme para não dar o lugar.

Um país no qual a prioridade de passagem é para o carro e não para o pedestre. Um país onde fazemos um monte de coisa errada, mas nos esbaldamos em criticar nossos governantes.

Quanto mais analiso os defeitos do Fernando Henrique e do Lula, melhor me sinto como pessoa, apesar de que ainda ontem "molhei" a mão de um guarda de trânsito para não ser multado.

Quanto mais digo o quanto o Dirceu é culpado, melhor sou eu como brasileiro, apesar de ainda hoje de manhã passei para trás um cliente através de uma fraude, o que me ajudou a pagar algumas dívidas.

Não! Não! Não! Já basta!!.

Como "Matéria Prima" de um país, temos muitas coisas boas, mas nos falta muito para sermos os homens e mulheres que nosso país precisa.

Esses defeitos, essa "ESPERTEZA BRASILEIRA" congênita, essa desonestidade em pequena escala, que depois cresce e evolui até converter-se em casos de escândalo, essa falta de qualidade humana, mais do que Collor, Itamar, Fernando Henrique ou Lula, é que é real e honestamente ruim, porque todos eles são brasileiros como nós, ELEITOS POR NÓS. Nascidos aqui, não em outra parte...

Me entristeço.

Porque, ainda que Lula renunciasse hoje mesmo, o próximo presidente que o suceder terá que continuar trabalhando com a mesma matéria prima defeituosa que, como povo, somos nós mesmos. E não poderá fazer nada...

Não tenho nenhuma garantia de que alguém o possa fazer melhor, mas enquanto alguém não sinalizar um caminho destinado a erradicar primeiro os vícios que temos como povo, ninguém servirá. Nem serviu Collor, nem serviu Itamar, não serviu Fernando Henrique, e nem serve Lula, nem servirá o que vier.

Qual é a alternativa?

Precisamos de mais um ditador, para que nos faça cumprir a lei com a força e por meio do terror?

Aqui faz falta outra coisa.

E enquanto essa "outra coisa" não comece a surgir de baixo para cima, ou de cima para baixo, ou do centro para os lados, ou como queiram, seguiremos igualmente condenados, igualmente estancados....igualmente sacaneados!!!

É muito gostoso ser brasileiro. Mas quando essa brasilinidade autóctone começa a ser um empecilho às nossas possibilidades de desenvolvimento como Nação, aí a coisa muda...

Não esperemos acender uma vela a todos os Santos, a ver se nos mandam um Messias.

Nós temos que mudar, um novo governador com os mesmos brasileiros não poderá fazer nada. Está muito claro... Somos nós os que temos que mudar.

Sim, creio que isto encaixa muito bem em tudo o que anda nos acontecendo: desculpamos a mediocridade mediante programas de televisão nefastos e francamente tolerantes com o fracasso. É a indústria da desculpa e da estupidez.

Agora, depois desta mensagem, francamente decidi procurar o responsável, não para castigá-lo, senão para exigir-lhe (sim, exigir-lhe) que melhore seu comportamento e que não se faça de surdo, de desentendido.

Sim, decidi procurar o responsável e ESTOU SEGURO QUE O ENCONTRAREI QUANDO ME OLHAR NO ESPELHO.

AÍ ESTÁ. NÃO PRECISO PROCURÁ-LO EM OUTRO LADO.

E você, o que pensa?.. MEDITE!

-João Ubaldo Ribeiro.

e eu ainda vou um pouco mais longe... na minha modesta opinião a corrupção está embutida nas pessoas.

Se vc recebe o troco a mais no supermercado, o q vc faz? devolve ou não?

Responda pra vc mesmo(a) e pense!

Feliz Ano-Novo.