quinta-feira, setembro 18, 2008

com ou sem emoção? (parte final)


(prefeitura de Poznan)


A chegada na Polônia foi tranquila, mas a pergunta não saia da minha cabeça

"a mala vai chegar também?"

Depois de alguns minutos de expectativa la estava ela na esteira, sorrindo para mim. Peguei a mala e me dirigi para uma casa de câmbio pra poder trocar Euros por Slots (moeda local). Apesar da Polônia fazer parte de União Européia, o Euro ainda não é a moeda oficial do pais.

De domingo (07/09) a quinta-feira (11/09) eu posso dizer que passamos bem. Claro que tem aquela correria tradicional das conferências onde vc dorme tarde, levanta cedo, passa o dia todo vendo apresentações de artigos, faz a sua apresentação, faz contatos, troca idéias, tem conversas produtivas (as vezes nem tanto) e ainda arruma um tempinho pra visitar as atrações turisticas da cidade.

Na quinta-feira (11/09 - data sugestiva?!) o vôo saia as 17:00. O Rui, a Marilia (colegas do Brasil) e eu saimos do hotel para o aeroporto 2 horas antes. Apesar do congestionamento chegamos com tempo suficiente para fazer o check-in com folga e ainda conversar com outros colegas da conferência que lah estavam.

Logo apos embarcar no avião a historia se repetiu e eu tive aquela sensação de déjà vu. Iriamos esperar no solo mais alguns instantes (sabe lah porque dessa vez). Esses "instantes" se transformaram em 15 minutos. Mais uma vez, isso não é nada se vc tem uma longa espera na sua conexão, mas eu tinha apenas 40 min entre a chegada em Munique e o vôo de volta pra Nice.

Logo apos decolarmos, chamei o comissario de vôo e expliquei a sutiação. Ele me disse para eu não me preocupar que se chegassemos atrasados teria uma van esperando as pessoas com "hot connections" (sem trocadilhos, por favor). Ficar estressado também não adiantava muito, o negocio era esperar e ver o q iria acontecer.

O horario programado para o embarque pra Nice era as 18:35, entretanto nesse horario ainda estavamos longe de Munique. Assim que aterrisamos, exatamente as 18:52 o capitão comunicou q as pessoas atrasadas como eu deveriam procurar a van ainda na pista. A van levou eu e mais alguns passageiros de um avião direto ao outro e a duvida voltou:

"a mala vai chegar também?"

Mais uma hora e trinta e cinco minutos até Nice. Para a minha supresa ela estava lah também. Depois de regatar a mala da esteira foi "soh" pegar o ônibus de volta pra casa.

Saldo:
Malas perdidas: 0
Atentados no 11/09: 0
minutos de tensão: varios

Um comentário:

Rui Jorge disse...

Uma pequena correção: A modeda local é "złoty", e não "slot". :-)